kundalini

O Prâna é a Energia Vital. Quando respiramos absorvemos grande quantidade desta energia. Os nâdîs são os condutores sutis desta energia e acompanham os nervos e vasos do corpo, como correntes energéticas. Fazem uma correspondência com o corpo, formando uma extensa rede de energia no corpo sutil denominado prânamayakosha. Nos exercícios respiratórios, os prânayâmas, podemos aumentar nossa energia vital.

São três os nâdîs principais, eles estão relacionados com a coluna vertebral, especificamente relacionados com seu interior. O nâdî do meio, que é reto, denomina-se Sushumnâ; o da esquerda, Idâ; e o da direita, Pingalâ. Pingalâ tem um caráter solar e masculino. Idâ tem um caráter lunar e feminino. Sushumnâ representa a união entre ambos, a harmonia. Idâ e Pingalâ ascendem em torno de Sushumnâ se cruzando na altura dos chakras. Eles partem do chakra raiz, Mûlâdhâra, situado na base da coluna. Idâ e Pingalâ chegam ao chakra frontal Âjnâ, na altura do topo do nariz, entre as sobrancelhas, onde se cruzam e se estendem: o Idâ para a narina esquerda, o Pingalâ para a direita. Sushumnâ passa pelo centro de todos os chakras, em direção ascendente, terminando no chakra coronário ou superior, no topo da cabeça.

O Hatha-Yoga é uma linha onde se desenvolvem meios para a iluminação através de exercícios e práticas corporais e posturais, é anterior mas, muito similar à técnica de pilates. Os âsanas são as posturas corporais que existem na prática do yoga. A palavra hatha significa união entre "sol" e "lua", já que o prâna se movimenta ao longo de Idâ e Pingalâ, essa união se dá quando se consegue que essa energia, ascenda pelo nâdî central, Sushumnâ, se sucede, então, a dinamização de cada chakra, até alcançar o chakra superior, Sahasrâra, quando o praticante atinge o estado de realização espiritual, o Samâdhi.

Yoga

Artigos

Recanto Flor de Lótus - 3363 4030 / 3396 2039