A Beleza Pessoal

A Beleza Pessoal, que é a beleza única especial de cada mulher, vai desabrochando como uma flor com o passar do tempo. Se soubermos explorar esse tempo indo na direção certa, ou seja, usando-o a favor de nossa Beleza Pessoal, seremos uma dessas pessoas que vão ficando cada vez mais lindas e resplandescentes com o passar do tempo. E não é uma beleza padrão, mas antes algo que nos toca, que sutilmente nos chama o olhar, e nos diz que há algo a mais nessa mulher: uma serenidade de ser quem se é, e a inteireza que isso traz! E não são só as mulheres, homens também. É interessante e belo observar este tipo de gente, são pessoas interessantes e com brilho pessoal intenso. Embora seja um aspecto feminino, existe como pólo em todos nós! Um exemplo perfeito seria Chico Buarque de Holanda. Neste texto vamos explorar as várias formas de construir um caminho pessoal para a bailarina transbordar, de seu interior, a Beleza Pessoal!

A Beleza Pessoal na arte não é simplesmente um padrão a se alcançar mas antes é um padrão exclusivo a se desenvolver. Todo artista busca essa marca, busca desenvolver em sua arte uma assinatura que marque e registre sua passagem por onde vá. Algo que quando for visto remeta imediatamente ao criador, o artista e sua obra. Aquele que tem sua Beleza Pessoal desabrochada e é uma artista, transborda não somente em sua face, em sua pessoa, mas também em sua arte. Esta contém a assinatura pessoal e intransferível do artista. Para citar dois exemplos ocidentais, expoentes na Dança Oriental contemporânea: Rachel Brice e Ansuya.

Existem várias bailarinas assim, que de tanta beleza interna ela transborda um brilho para o exterior. Um brilho único e especial. Acredito que a própria dança é uma trilha para o caminho da Beleza Pessoal. A prática da Meditação e do Yoga também nos leva por esse caminho, um "se encontar", um "encontro consigo mesmo". Para usar nossos dois exemplos, tanto Ansuya quanto Rachel tem em suas práticas pessoais verdadeiros rituais: exercícos individuais praticados em contato consigo mesma em uma rotina e um momento, digamos, um Ritual semanal de encontro com sua Bailarina Interior que se constitui de total preparação, a construção da bailarina na íntegra, com figurino, maquiagem e dança, como um ápice de um processo de pesquisa e construção do artista, um momento só seu. Toda artista deve separar em sua rotina, uma determinada hora para o seu Ritual. Pode ter uma dança que foi preparada, um figurino montado, a maquiagem específica e um cenário disposto especialmente para este momento, com incenso, velas, cristais e um banho aromático ou um jantar temático inspirados, enfim, crie o seu próprio Ritual, este é apenas um exemplo! Um momento de total entrega, com prazer e contato, ou seja, qualquer coisa pode nos levar para este caminho, só depende da intenção e da presença. Estar totalmente presente é fundamental. O "que" se faz é menos importante do que o "como" se faz, e o caminho pode se dar através de vários meios, desde que o contato se passe de dentro de si para o fora. Por isso é importante a prática de técnicas que favoreçam o contato interior. Yoga, Meditação, Pilates, Ayurveda, Dança, podem ser um caminho, um meio de acesso interior. O contato com a natureza pode ser outro. Tomar banho de mar ou cachoeira, tomar Sol, Banho de Lua e até mesmo um banho de chuveiro ou banheira nos renova e refresca. Se feito com esta intenção pode nos purificar até a alma, a água purifica. Passear num jardim, em meio as flores, respirar ar puro da montanha e contemplar a Beleza Divina da Mãe-Natureza, aprender seus caminhos com Ela. Cada um tem que encontar seu caminho, suas práticas diárias, rituais ou qualquer outro tipo de coisa que signifique um reencontro, um momento só seu, uma espécie de autoterapia pessoal, cada um encontra o seu jeito, dando sentido e rumo à sua existência!

Práticas espirituais, exercícios de conexão do eixo mente-corpo, posturas e movimentos corporais, flexibilidade física/mental são benefícios e também exercícios físicos como corrida ou jogos e esportes ao ar livre, tudo isso melhora nossa qualidade de vida e nos faz ganhar em autoestima, aumentando nosso Poder Pessoal, nossa Beleza! A Bailarina deve agregar tais práticas em sua rotina, de acordo com suas preferências, para criar o hábito da conexão com seu interior, buscando alegria e prazer para enriquecer sua vida e consequentemente, sua dança. O uso de cristais em Rituais de limpeza e purificação ou a energização do corpo e do ambiente também são altamente recomenados. A escolha do tipo de pedra e da cor pode variar de acordo com a intenção do Ritual. O uso mais comum é a energização da água com um cristal de quartzo límpido durante a noite, sob a luz do luar, ou durante o dia, sob o calor do sol, novamente, só depende da intenção. Dispor os cristais ao longo do corpo, coincidindo as cores com as dos chackras é outra prática muito comum. Eles podem se estender para além do corpo, alcançando um aspecto mais sutil do nosso campo energético ou aura.

Outra trilha muito usada pelas bailarinas é o ato ancestral de se enfeitar e pintar. Adornar o corpo com pedras e cristais, metais e cores em forma de colares, coroas, cinturões, brincos ou maquiagem, feitos com intenção são impregnados de simbologia e se tornam atos sagrados. A maquiagem é um meio importante de auto descoberta. Quando estudamos maquiagem podemos ver a importância de se conhecer o formato dos ossos do rosto, suas sombras e saliências para entender a maneira certa de enfatizá-las ou amenizá-las, conforme o caso. Assim podemos trabalhar nossa fisionomia, além de descobrí-la a cada vez que nos maquiamos, pois nosso semblante é uma mudança constante! A arte de se maquiar pode ser altamente teatral. No caso desta Dança sinto que o mais interessante é a possibilidade de expressão, brincando com a maquiagem de acordo com o humor do dia, a sensação de determinada atuação em cada música. O Ritual de preparação para a Dança pode ser altamente gratificante, uma fonte de inspiração!

 

Experiência dinâmica em nosso grupo

Aqui no Recanto Flor de Lótus as alunas tem a chance de experimentar várias formas de maquiagem. Nas aulas, encontros e ensaios fotográficos, há sempre uma intensão sagrada. Trabalhamos arquétipos da Deusa em suas várias faces, associando as qualidades de movimento; temos cursos, vivências e experimentações onde usamos vários destes dispositivos para acessar nossa Beleza Interior, maquiagem, cristais, ervas, aromas, tecidos, cores e música são apenas alguns deles que, mesclados com Yoga, Pilates, Ayurveda, exercícios respiratórios, dinâmicas de grupo, meditações e visualizações; são potencializadores da Dança e sensibilizadores dos sentidos.

No aspecto objetivo e prático desta dinamização está o outro pólo, o caminho que vai de dentro para fora. Nos movemos em direção ao outro corpo, buscamos novas aulas, cursos e workshops, nos relacionando com diversas pessoas e estilos. Aprendemos várias técnicas interessantes, além de poder experimentar o modo como a outra bailarina organiza seus passos, sua aula, seu corpo.

Este movimento é sempre alternado, nunca só para fora ou só para dentro, como uma respiração. Essa respiração enriquece nossa dança e renova nosso senso de identidade. Quando trabalhamos com outras profissionais aqui no nosso espaço, é sempre uma experiência única e, inclusive, podemos aprender como se dá sua viagem para dentro...a viagem da Beleza Pessoal

Acessoria especial para bailarinas

Acessoria pessoal

Recanto Flor de Lótus

Heloísa Caridade

Recanto Flor de Lótus - 3363 4030 / 3396 2039